terça-feira, 17 de novembro de 2009

Justiça na Idade média

Sempre achei a Idade média um estudo chato, algo que tínhamos que decorar: Nobreza, clero e servos, Sociedade estamental, Feudo, senhor Feudal, economia de subsistência, susserania e vassalagem e etc. Não sei, nunca me identifiquei com essa parte da história - principalmente por sua forte ligação com a famigerada Igreja católica. Não que eu seja evangélico, e não sou, mas sim por nunca, mesmo sendo filho de mãe católica, razoavelmente praticante, ter identificado o ideal da paz universal com essa Igreja.
A leitura que fiz, torna a noção de idade média um pouco mais interessante - e ao mesmo tempo mais repugnante. Agora deixa de ser chata para ser violenta! O mal sempre tem um forte apelo chamativo, muitas vezes até mais que o bem (quem é mais popular hoje: De Gaule ou Hitler?)



Para Baixar o Áudio:
http://www.megaupload.com/?d=PS5NNLUK

Essa pequena leitura traz a revelação que a justiça na Idade média, muito atrelada ao nome de Deus, regrediu em noções básicas de respeito ao ser humano em comparação á antecessora justiça no Império romano. A averiguação dos fatos através da investigação, que era comum no império romano, cedeu lugar ao retorno do pensamento mágico: colocar o acusado em certa situação de risco de vida e se ele for inocente, Deus o salvará! (inspirados na Bíblia, pois lá Deus já salvou muitos, mas na Idade média...)

2 comentários:

  1. Esse vídeo ficou show! Tive até arrepio ao escutar os gritos... Muito bom, deveria colocar p/ baixar o vídeo com imagens, não só ó àudio!

    Parabéns pelo site, vou acompanha-lo.

    ResponderExcluir
  2. leninhamolina@hotmail.com16 de junho de 2012 09:37

    Simplesmente fantástico!!Seus comentários e o vídeo exposto fizeram com que me despertasse para outros focos da idade média, porém sou catpolica e orgulho-me de crer num Jesus da Bondade.
    Helena

    ResponderExcluir